<$BlogRSDURL$>

quarta-feira, novembro 02, 2005

Livros não lidos, coisas 



Quando voltar a casa vou pôr os livros na ordem. Já está planeado há muito. O móvel novo, depois de estar em condições, receberá as memórias, as biografias, as homenagens, as autobiografias, epistilografias, ideias políticas dispensáveis e géneros periféricos. Até lá é como o longo "dia do patrão fora, dia santo na loja".

Depois há o direito de não ler. Com tábua explícita dos direitos do não leitor. Para além deste direito, amplamente reclamado e de que muitos são useiros sem sequer terem lido o livrinho de Daniel Pennac, - "Como um Romance" - também deve haver o "medo de ler", o "pudor de ler", o "escrúpulo da leitura", o "tédio de ler"... etc. Encontro-me, de momento, como já avisei, na parte do tédio. Tenho comprado livros, através daquele maravilhoso sistema que nós trás o livro embrulhado no jornal até às mãos, muitas vezes antes de imaginarmos sequer que o livro existia, mas quanto a ler... nada. Nem uma linha.

A colecção de policiais do Público está a terminar e hoje recebi já o penúltimo. Metade estão lidos, os outros repousam para melhor ocasião. Os filmes de Hitchcock, que são um DVD mascarado de livrinho, também chegam regularmente mas nem o facto de ser leitura breve e de poder ver o filme no portátil, me dá grande vontade. Os dois tomos do Quixote, na edição de Aquilino, re-editada pelo Público, ou os fascículos da edição da mesma obra, no Expresso, traduzida por Serras Pereira e ilustrada por Júlio Pomar, também repousam para outro dia. Os livros de BD, bem esses são do Miguel. Guardo-os no quarto, lá mais para o Verão.

Comments:
Amigo Gustavo, estive cá hoje, a visitar-te (no teu blogue).
 
A leitura pode saber melhor depois de um interregno :)
 
You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it »
 
I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! » »
 
Very cool design! Useful information. Go on! film editing schools
 
Enviar um comentário