<$BlogRSDURL$>

terça-feira, setembro 20, 2005

Fui à Baixa! 

Ia apenas para fazer uma lista de livros de Filosofia - uma lista de aquisições. Acabei por comprar, inesperadamente, dois livrinhos na FNAC. La vie sans principe [Life without Principle] de Henry David Thoreau, traduzido ao francês e publicado nas Éditions Mille et une Nuits. Entenda-se como um elogio da liberdade livre, da vida sem sistemas: "Venir au monde en étant simplement l'héritier d'une fortune n'est pas être né, mais plutôt être mort-né." [p. 17]

Também O Movimento Sofista, de G. B. Kerferd, da Edições Loyola de São Paulo, colecção Leituras Filosóficas. É um livrinho com capa de papel pardo, belíssimo na simplicidade da edição, como se tivesse sido envolto num hábito. Consiste numa tentativa de recuperação filosófica, contra a tradição da autoridade platónica, do prestígio intelectual e da modernidade teórica da sofística grega. Uma leitura que promete. Começa assim: "A hostilidade de Platão em relação aos sofistas é óbvia e sempre foi reconhecida."

Comments: Enviar um comentário