<$BlogRSDURL$>

domingo, agosto 21, 2005

A Harpa Eólica 



Li esta expressão há muito, vinda de um crítico, de um poeta, de um amigo do Sebastião Penedo - a sua poesia pura e simples parece, por vezes, o passar do vento que dedilha as cordas de uma harpa.. a harpa eólica. Poucas vezes isso parece tanto ser verdade como nestes belíssimos quatro versos do "Sumo Natural":

"Este poema é a ondulação do mar.
Se se inspira, volve ao interior.

Mas galga logo as areias do Amor,
espraiando livremente o ar..."

Comments: Enviar um comentário