<$BlogRSDURL$>

sábado, julho 23, 2005

"... a puta que os pariu!" 



Luiz Pacheco teve ontem, sexta-feira à noite, honra de documentário na 2. Uma peça preciosíssima, sem rodriguinhos, com uma desenvoltura superlativa. Com depoimentos substantivos, bem articulados, com a arte desconcertante das palavras do escritor e com a figura incontornável do próprio. Ele por ele e pelos que lhe são próximos, pelo que o estudaram, pelos filhos, pelos amigos.

Quando no último fôlego [como provocação óbvia] lhe perguntaram qual a mensagem que deixava aos escritores da nova geração, Luiz Pacheco não perdeu tempo a pensar muito: "...a puta que os pariu!"

Comments: Enviar um comentário