<$BlogRSDURL$>

sábado, junho 04, 2005

Uma tarde de futebol com a Selecção 



Há bem mais de uma década assisti no antigo estádio da Luz a três jogos da fase final do Mundial de Lisboa, dos sub-21. A selecção onde pontuavam, em começo de carreira, Luís Figo, Peixe, e Rui Costa, tinha vencido dois anos antes o Mundial de Riade. No jogo da final, em que Portugal venceu o Brasil nas grandes penalidades, com a luz a abarrotar de gente, vi os adeptos brasileiros a aplaudir com grande simpatia a conquista do título pelos portugueses.

Há quatro anos, também na Luz, na antiga Luz, sobrelotada e sem condições para um jogo como aquele, vi a selecção portuguesa, com os mesmos jogadores, assegurar a passagem à Fase Final do Mundial da Coreia - Japão, num jogo apoteótico contra a Estónia. Era preciso mesmo ganhar; a selecção venceu por 4 - 0, se não me engano, com um golo de Figo, marcado de longe, com a bola a ressaltar violentamente no sector direito da trave e a descer na vertical para o interior da baliza, sem bater nas redes, como se não fosse preciso mais do que o golo no seu simples conceito. Um golo estranho, inesperado, minimal, marcado por Figo como se houvesse para cada golo um tempo certo e o talento dos grandes jogadores consistisse em esperar pacientemente, durante todo o jogo, por esse momento.

Nunca vi a selecção perder. Nos primeiros jogos assisti ao início da carreira da geração de ouro, que ficou pela prata no último europeu. Hoje vou assistir ao início do fim de uma parte dessa geração. A outra parte já se retirou ou não voltará a ser convocada. Por isso o regresso de Figo é para mim bastante simbólico, no contexto deste jogo, e assistir no estádio é também para mim como fechar um ciclo. Vou para o ver jogar, e para ser testemunha dos derradeiros momentos, ao mais alto nível, deste leão ferido, que continua insuperável na força e na segurança com que assiste para o golo. Também vou para ver jogar o Cristiano Ronaldo, pela primeira vez, que dizem, traz ao futebol da selecção um vigor e uma fantasia que nenhum outro jogador pode imitar.

Vamos em excursão familiar. Partimos dentro de uma hora. Dou notícias.

Aqui a lista de convocados para as próximas duas jornadas; aqui o sítio da Federação Portuguesa de Futebol.

Comments: Enviar um comentário