<$BlogRSDURL$>

quinta-feira, julho 01, 2004

O blogue inspirado de Anna Kar(en)ina 

A Ana Carina foi minha aluna há alguns anos na JB (no século passado, para que conste) mas a nossa amizade ultrapassa a sofrida rotina curricular. Foi uma das "grandes repórteres" do Correio de JB, viveu a grande aventura de inventar um jornal escolar praticamente a partir do zero, com outros colegas e comigo, mas isso é parte da epopeia pessoal; é história para outra altura a história do "quality paper".
A Ana encontrou-me por aqui, recolhido no meu blogue de leituras, ao virar uma das muitas esquinas da blogosfera. Deixou-me uma mensagem num dos posts e foi assim que voltámos a trocar umas palavras. A útima vez que vi a Ana foi junto à escola, tive de fazer uma travagem em risco em cima da minha duas rodas.
Fui visitar o seu blog inspirado. O ambiente verde azeitona em duas tonalidades diferentes transmite serenidade, em contraste com os posts que traduzem em palavras a preocupação, o deslumbramento, a perpelexidade, a ironia, a fantasia de uma jovem irrequieta que procura partilhar com os outros a sua inspiração.

E por falar em inspiração, em ironia e em fantasia... a Ana já saberá quem era o Caramélio de Barros por detrás do pseudónimo? Há segredos que morrem connosco... mas não tem que ser o caso deste, que envolveu um personagem inventado que merecia ter tido um futuro diferente. Aliás é um desafio... inspirador inventar um futuro para o Caramélio. Ainda vamos a tempo.

Comments:
Um destino...para um personagem...para o Caramélio!
O Caramélio não conseguiu suportar uma mudança subita não só na escola, mas também a nivel pessoal.Tornou-se uma pessoa ausente, desaparecendo mesmo...e a escola agradeceu...porque deixou de ter um membro activo com quem tinha de se preocupar. Para mim o Caramélio deixou de ter o esplendor e a grandeza quando o descobri. No meu entender, o seu anonimato fazia-me perceber as suas criticas de forma bem diferente.
Escrevia bem, o mérito não lho posso retirar, mas perde a coragem de continuar a criticar, quando muda a sua vida.
Será que sem quem foi o Caramélio???Pois com certeza que sei!Descobri-o aos poucos...Vá-se lá saber porquê!??? ;)
 
Enviar um comentário