<$BlogRSDURL$>

sexta-feira, junho 18, 2004

Aos Amigos... 

"Amo devagar os amigos que estão tristes com cinco dedos de cada lado"... desculpem estava distraído e o HH não é chamado para esta história.
Aos amigos: ao Manuel Pacífico (amigo com quem partilhei a experiência inverosímil e falhada de trazer um burro, no início do ano, a visitar a JB); à Maria do Patrocínio Gaspar (amiga a quem devo um manual extraviado na confusão dos meus livros e a infinita paciência); à Teresinha (amiga que não consigo deixar de tratar pelo diminutivo, apesar de ser muito grande); à Amália (amiga que quase não conheço); ao Paulo Braz (amigo a quem devo o favor de me deixar visitar uma prisão e cujo nome temo ainda não saber escrever); ao Mário Afonso (amigo com quem alinhavei uma pretensa campanha publicitária de promoção do livro e da leitura e em que se misturavam livros e telemóveis): a todos, alguns dos quais coadjuvantes, um abraço alegre do amigo ausente.
Não queria deixar de estar virtualmente presente, no momento em que procedem à escolha dos manuais para o próximo ano lectivo. Aqui estou, diferido no tempo e no espaço, porque escrevo estas linhas nos primeiros minutos do dia 18 e porque não estou de facto aí... mas aqui. Ou vice-versa.
Até breve, porque a doença que nos ameaça e que é preciso combater é a ausência.

Comments: Enviar um comentário