<$BlogRSDURL$>

terça-feira, abril 06, 2004

Não fui, votei em branco... 

Saí de casa para assistir a mais um lançamento do "Ensaio sobre a Lucidez". Fui perder tempo para a paragem do autocarro. Ao fim de mais uma hora voltei para casa sem comprar o livro e sem ouvir o que o autor teria ainda para dizer. Tenho lido e ouvido as razões de Saramago, percebi que envelheceu e que agora já não esconde a sua amargura por um mundo que não se molda às suas representações.
Vi-o há muitos anos também em Almada, antes de escrever "A Jangada de Pedra"; confidenciou-nos então que tencionava escrever um livro de 'ficção científica', que veio a ser, afinal, aquele em que a península descola da Europa para uma longa deriva no atlântico. Vi-o depois, fazendo de pajem, como ele próprio admitiu, num encontro com Gonzalo Torrente Ballester, no Forum Picoas. Foi o ano em que o cometa da literatura espanhola passou por Lisboa, trazendo na sua cola muitos dos seus melhores escritores: Eduardo Mendoza, Rafael Alberti, Angel Crespo... e outros de que já não me lembro. Foi de um comentário de Saramago a um livro difícil e obscuro de Ballester - A Saga/ Fuga de JB - que acabaria por nascer o interesse da D. Quixote pelo livro. Anos depois aparecia traduzido finalmente em português.
Quanto ao lançamento do Ensaio eu hoje... não fui, votei em branco.


Comments: Enviar um comentário