<$BlogRSDURL$>

sexta-feira, março 12, 2004

11-M... de Madrid 

A notícia e o caudal de imagens que se seguiram acabaram por "emaranhar" o meu dia; saí de manhã pelas nove e dez, atrasado como sempre, para cumprir o protocolo familiar. Entrei no café para a primeira sessão de leitura e pedi a minha poção. A televisão passava uma notícia insistente, com carruagens esventradas e corpos difusos, linhas paralelas, cenário soturno de uma cidade "com quatro milhões de cadáveres". A sedução resultou, após alguns minutos de leitura. Fixei-me na pantalla e percebi que Madrid tinha sido atacada pela cólera. Uma criança de sete meses explodiu durante o sono e foi cair nas urgências de um hospital da cidade. Muitas horas depois ainda não tinha sido reclamada. Os mortos não têm sentimentos.

Comments: Enviar um comentário