<$BlogRSDURL$>

quarta-feira, março 10, 2004

1, 2, 3, 4, 5 CD's 

Chegaram recentemente de Madrid e do Museu do Prado. Também visitaram outras relíquias da "milha dourada" e mal viram o Manzanares, objecto do "chiste" de outros viajantes ilustres, como um tal embaixador alemão, o conde de Rehebiner, que dizia que aquele rio era o melhor do mundo porque era "navegable a caballo". Pintura e mistério numa cidade em que os habitantes não pesam nos passos erráticos do visitante. Preferiram a companhia de alguns residentes ilustres da capital e de um viajante, de passagem pela cidade. Goya e Velázquez, Zurbarán, Domenico Theotocopulos, Rubens.
O Filipe e a Sofia chegaram de Madrid e trouxeram-nos uns quantos CD's que não são flamenco. Quatro mosaicos cheios de música: A Outra Banda da Terra, de Caetano Veloso; Dancer in the Dark da incomparável Bjork; Hydrogen Jukebox, uma ópera de Philip Glass, com libreto de Allen Ginsberg. E também um estranho disco: In the Mood for Love, de Wong Car-Wai e Indiasong Mainthere (?).
Há semanas atrás a Magarida Amado (que terminou agora um guia turístico sobre Lisboa para sair numa editora de Madrid) trouxe-me um CD: mood indigo, de Nina Simone, ou o esplendor da música negra norte-americana.

Comments: Enviar um comentário